Home
Pertença à União Europeia e direito de auto-determinação PDF abrir em uma nova janela Imprimir E-mail
Escrito por Antonio-Carlos Pereira Menaut   
Qui, 23 de Janeiro de 2014 10:27
Desde Mastrich, e até antes, a União Europeia  é também uma união de cidadãos com direitos pessoais inclusive perante seus Estados. indiscutivelmente o cidadão de um estado membro da União Europeia é também cidadão europeu. Desde que a jurisprudência começou a reconhecer os primeiros direitos pessoais, a União Europeia começou a ser, aos poucos, porem sem interrupção e sempre in crescendo uma Uma União de Cidadãos. Depois de  dezenas de anos governando a vida de cidadãos europeus, escoceses, catalães, etc. a União Europeia não pode dizer agora que esses cidadãos lhe são indiferentes. Bruxelas não estará só tratando com Estados, mas com milhões de pessoas desses Estados cujas vidas afetou profundamente, pessoas que são europeias e não querem deixar de sê-lo.... (veja o estudo completo de Antonio-Carlos Pereira Menaut, professor de Direito Constitucional da Universidade de Santiago de Compostela, Espanha)
 
Português

Megaloja

Livros em Destaque:

LANÇAMENTO
Ateísmo e Relativismo: É possível conciliar?
Anderson M.R.Alves


LANÇAMENTO
Livro Contra o Anticristo
Ramon Llull


LANÇAMENTO
Ser e Dever-ser
Anderson Machado Rodrigo Alves


LANÇAMENTO
O Sal da Consciência
Rafael Ruiz